6 de nov de 2015

*Uma história de pontos e traços

Uma história de pontos e traços  


Em 2 de setembro de 1835, Samuel Finley Breeze Morse estendeu um fio de 1.700 pés (cerca de 550 m) entre duas salas de aula da Universidade de Nova Iorque, onde lecionava, e transmitiu uma série de sinais sem significado. O experimento impressionou o estudante Alfred Vail, que o convenceu a desenvolver o sistema na empresa de seu pai em Nova Jersey. Em 6 de janeiro de 1838, Vail passou a seu pai a primeira mensagem, "A patient waiter is no loser" ("Uma espera paciente não é perdida"), utilizando um primitivo código de pontos e traços que formavam números, estes correspondendo a palavras previamente combinadas. Por sugestão de Vail, Morse simplificou seu código para passar a representar o alfabeto.
Um mês depois, Morse demonstrou o telégrafo ao presidente dos Estados Unidos, mas só em 1843 o Congresso liberou a verba de US$ 30 mil para a instalação da primeira linha experimental de telégrafo, entre Washington e Baltimore, acompanhando a rota da ferrovia Baltimore & Ohio Railroad. O primeiro despacho telegráfico na fase de testes foi o anúncio da escolha de Henry Clay e Peter Frelinghuysen na Convenção Eleitoral de 1º de maio em Baltimore.
A demonstração oficial do telégrafo ao Congresso ocorreu em 24 de maio de 1844: do Capitólio, em Washington, perante as principais autoridades do governo norte-americano, Morse transmitiu a famosa mensagem "What hath God wrought!" ("Que obra Deus fez!"), sendo instantaneamente recebida por Alfred Vail no armazém ferroviário de Baltimore, como é relatado na história da Western Union
Essa empresa de comunicações surgiu em 8 de abril de 1851 com o nome de New York and Mississippi Valley Printing Telegraph Company, começando a unificar as inúmeras companhias de telegrafia que já haviam surgido então. Exatamente cinco anos depois adotou o nome The Western Union Telegraph Company, e se notabilizou durante a Guerra Civil nos Estados Unidos. Em 17 de outubro de 1861 foi transmitido o primeiro telegrama transcontinental, entre a Califórnia e a capital norte-americana. Nove dias depois, o governo estadunidense encerrou oficialmente o famoso serviço de correio a cavalo Pony Express.
Antes de Morse – O código Morse resolveu o problema de padronização nas transmissões telegráficas, como relata a União Internacional de Telecomunicações(ITU) na história das telecomunicações (página disponível no seu arquivo, comcódigo de busca), pois cada país possuía então seu próprio sistema de telegrafia e seu código de transmissão, sendo necessário traduzir a mensagem a cada passagem de fronteira.
A primeira Convenção Telegráfica Internacional foi assinada em 17 de maio de 1865, por 20 países. O telefone só surgiria em 1876, a radiotelegrafia em 1896 e a transmissão de voz por rádio em 1920. O primeiro satélite artificial, o Sputnik 1, foi lançado em 1957, e em 1963 foi lançado o primeiro satélite a permanecer em órbita geostacionária, para uso em telecomunicações. 
Em 1989, uma conferência plenipotenciária estabeleceu um comitê de alto nível para estabelecer as bases das telecomunicações para o próximo milênio, face às novas tecnologias disponíveis. Nesse momento, o código Morse começou a ser aposentado.